Mais uma vítima: corpo de capivara atropelada amanhece na Via Parque
2018-07-12 10:05:47
O corpo de uma capivara morta e com ferimentos pelo corpo amanheceu no canteiro central da avenida Nelly Martins, a Via Parque, em frente ao Parque das Nações Indígenas, nesta quinta-feira (12). No local, há sinais de que o animal foi atropelado.

Um pedaço de plástico que parece ser do para-choque de um carro ficou no local.

O fotógrafo Vinícius Santana, que é voluntário do Instituto Arara Azul, foi cedo ao Parque das Nações Indígenas para alguns cliques e se deparou com a cena. Ele lamenta. “O parque tem muitas vidas que precisam ser preservadas, dentro e fora. Talvez o investimento numa cerca mais fechada seria o ideal para evitar que as capivaras saíssem e morressem na avenida”, sugere.

Vinícius se lembra ainda de locais com vias que cruzam áreas de preservação ambiental onde túneis foram construídos para que os animais atravessem por debaixo do pavimento, sem correr risco.

O fotógrafo fez questão de enviar foto de capivara tomando sol à beira do lago do parque. “Isso mostra o quanto elas estão integradas ao ambiente e com as pessoas”, comentou.


Capivaras tomando sol às margens do lago do Parque das Nações Indígenas (Foto: Vinícius Santana)
Fonte: CGN
Comentrios.
Deixe um comentrio.