Viúva de mergulhador morto em caverna da Tailândia presta homenagem: “sempre estará comigo”
2018-07-11 15:43:45
A viúva do mergulhador que morreu ao ficar sem oxigênio na operação de resgate na caverna inundada na Tailândia presta homenagem a ele em sua conta no Instagram.

“Você sempre estará comigo... Não existe ninguém como você... Sem você, não quero continuar respirando... porque prometemos que usaríamos a mesma respiração”, diz uma das mensagens postadas nos últimos dias por Valeepoan Kunan junto com fotos do seu marido, Saman Kunan.
Saman, de 38 anos, morreu após levar oxigênio e suprimentos para o grupo de 12 meninos e seu treinador de futebol que estavam presos na caverna. A morte do mergulhador mostrou o caráter complexo da operação de resgate e foi lembrada por líderes internacionais nesta terça, quando a operação de resgate dos meninos foi concluída.

Saman, de 38 anos, morreu após levar oxigênio e suprimentos para o grupo de 12 meninos e seu treinador de futebol que estavam presos na caverna. A morte do mergulhador mostrou o caráter complexo da operação de resgate e foi lembrada por líderes internacionais nesta terça, quando a operação de resgate dos meninos foi concluída.

Kunan era ex-integrante do grupo de elite da Marinha da Tailândia, triatleta e tinha se voluntariado a participar da operação de resgate. Foi descrito por um casal de amigos brasileiros como "um cara que realmente pensava no próximo".

Segundo o jornal tailandês “Khaosod” seu corpo será cremado no próximo sábado na província de Roi Et.
Fonte: G1
Comentrios.
Deixe um comentrio.