Com madrugada mais fria do ano, geada castiga produção no sul de MS
2018-07-11 09:34:19
A região sul de Mato Grosso do Sul teve a madrugada mais fria do ano, com mínima próxima de 0 grau em algumas cidades. Pela primeira vez no inverno de 2018, a geada castigou os produtores rurais de pelo menos dez municípios, segundo levantamento do professor e meteorologista da Uniderp Natálio Abrão.

Segundo relatório divulgado por Abrão, teve geada em Amambai (mínima de 3,3 graus), Bela Vista (1,7ºC), Jardim (4,4), Juti (4,5), Ponta Porã (4), Maracaju (2 graus) e Rio Brilhante, onde foi registrada a menor temperatura do estado – 0,5 grau. Outros municípios com geada foram Água Clara (4,3), Aquidauana (5,1), Camapuã (5,2), Jardim (4,4) e Sidrolândia (3,4).

Em Amambai, a 360 km de Campo Grande, onde foi registrada uma geada moderada, o engenheiro agrônomo Cássio Miranda Nunes, cooperativa Coopersa, disse por enquanto os prejuízos não devem ser grandes, já que boa parte do milho que está pronta para a colheita e a geada não afeta.

“Mas as lavouras plantadas do dia 10 de março em diante, a geada afeta um pouco”, informou ele a reportagem. Um levantamento será feito nos próximos dias para saber o tamanho do prejuízo para os agricultores.

Dourados – Em Dourados, segundo o Guia Clima da Embrapa Agropecuária Oeste, foi registrada hoje às 6h14 a menor temperatura do ano – 4,3 graus. Ontem a mínima tinha sido de 5,6 graus às 6h31.

A região está no quarto mês de estiagem. Em junho a chuva registrada no município foi de apenas 11 milímetros e não chove em Dourados há 29 dias.
Fonte: CGN
Comentrios.
Deixe um comentrio.