Dólar se mantém em R$ 3,71 com mercado atento aos juros nos EUA
2018-06-13 17:02:20
O dólar abriu o pregão desta quarta-feira, 13, em leve baixa com o mercado de olho na decisão do Federal Reserve (Fed), banco central americano, sobre a taxa de juros nos Estados Unidos e com mais uma atuação forte do Banco Central (BC). Às 10h40, a moeda operava em baixa de 0,03%, cotada a 3,71 reais.

Logo na abertura do mercado, o BC anunciou o leilão de até 40 mil contratos de swap cambial (venda de dólares para conter a oscilação da moeda). Foram cerca de 2 bilhões de dólares, cuja oferta foi vendida integralmente. A medida ajudou conter a valorização da moeda no início do dia, que chegou a cair 0,30%. No entanto, menos de uma hora depois da abertura do pregão, a moeda operava praticamente com estabilidade em relação ao fechamento desta terça-feira, quando ficou em 3,71 reais.

Além dos problemas internos, como a indefinição política e o impacto da greve dos caminhoneiros, nesta quarta-feira ocorre a reunião do Fed, que deve levar ainda a mais oscilações na cotação da moeda americana.

O  dólar é o ativo considerado mais sensível a uma segunda alta de 0,25 ponto dos juros dos Fed funds nesta quarta, já amplamente precificada, e sobretudo ao gráfico de pontos do Fed, caso indique mais duas elevações no segundo semestre, conforme analistas financeiros. Em março, as taxas dos Fed funds subiram para a faixa atual de 1,50% a 1,75%.

Se a decisão do Fed indicar novos aumentos nos juros, a tendência é que haja mais valorização do dólar, já que a economia americana é considerada mais segura e, com a elevação da taxa de juros, investidores tendem a repatriar dólares para os Estados Unidos.

O Ibovespa, principal indicador da Bolsa de Valores brasileira, está em baixa de 0,74% aos 72.213 pontos.
Fonte: Estadão
Comentrios.
Deixe um comentrio.