Assaltante que matou militar durante roubo é preso no Aero Rancho
2018-06-13 08:12:09
O assaltante João Victor Gomes Costa, 20 anos, que matou o militar da Aeronáutica durante roubo na noite de ontem (12), na Rua Bacabá, no Bairro Coophatrabalho, em Campo Grande, foi preso horas depois após o crime no Jardim Aero Rancho. A vítima, Rafael Lucas Soares, 23 anos, morreu com dois tiros, sendo no tórax e na perna esquerda. O primo do autor, Evandro Modenesi Oliveira, 21 anos, que usa tornozeleira eletrônica é dono da motocicleta Fan 150, de cor vermelha, usada no crime.

Conforme boletim de ocorrência, a vítima estava em frente de casa distraído mexendo no celular, quando foi surpreendido por um motociclista que armado com revólver calibre 32 anunciou o assalto e tentou roubar o aparelho telefônico de Rafael. Ele, então, reagiu e lutou com o ladrão. Durante a confusão, Rafael acabou alvejado.

Após a ação, João Victor saiu correndo a pé com o capacete na cabeça e abandou a motocicleta no local do crime. O Corpo de Bombeiros e Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) foram acionados, mas a vítima não resistiu e morreu.

Além da moto, no local foram encontrados três celulares. Durante o trabalho da polícia, uma outra vítima do ladrão apareceu dizendo que havia sido roubado por um motociclista e reconheceu um dos aparelhos encontrado na rua. Durante a fuga, João Victor deixou cair também um celular no cruzamento da Avenida Florestal com a Rua Tiruana que foi entregue a polícia.

Horas depois, por volta de 1h20, a Polícia Militar conseguiu localizar localizar Evandro, dono da moto usada no crime. Ele havia emprestado a motocicleta ao primo e ao ficar sabendo da situação, mandou que sua mãe fosse até a delegacia registrar boletim de ocorrência por furto. Evandro cumpre pena por roubo e usa tornozeleira eletrônica.

O rapaz vai responder por falsa comunicação de crime por ter mentido sobre o furto de sua moto. Na sequência, João Victor foi preso em uma casa no Bairro Aero Rancho. Ele confessou o crime aos policiais e disse que matou porque a vítima havia reagido. A arma usada no latrocínio (roubo seguido de morte) também foi apreendida. Toda ação foi filmada por câmeras de segurança. O caso foi registrado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário do Centro). 

Rafael Lucas foi morto durante ao reagir a assalto na noite de ontem (Foto: reprodução/Facebook)

Rafael Lucas foi morto durante ao reagir a assalto na noite de ontem (Foto: reprodução/Facebook)

Fonte: CGN
Comentrios.
Deixe um comentrio.