Turismo brasileiro se aproxima da China
2018-06-06 11:04:36

O Ministério do Turismo representado pelo chefe da assessoria internacional da Pasta, Rafael Luisi, e pela Coordenadora-Geral de Investimentos, Beatriz Dourado, participou na ultima semana, durante a 5ª edição da China Beijing International Fair for Trade in Services (CIFTIS), da 2ª reunião do Grupo de Trabalho sobre Promoção de Serviços dos governos brasileiro e chinês onde foram debatidas ações voltadas para o mercado daquele país que é considerado prioritário para o Brasil.

Durante o encontro, foram tratadas as ações que vem sendo planejadas pelo governo brasileiro. Entre elas estão as ações de marketing e promoção, a ampliação de três para 12 visa centers no país até o final deste ano e a discussão para implantação do visto eletrônico. “Queremos facilitar ao máximo o acesso dos chineses ao Brasil. Temos um vasto campo para explorar este que é o maior mercado emissor de turistas para o mundo, responsável por 135 milhões de viajantes em 2017”, explicou Rafael Luisi.

Ainda como parte da agenda de aproximação entre os dois países está prevista a participação do Brasil, em parceria com a Argentina, como país convidado do Fórum Econômico Mundial de Turismo, em Macau, no próximo ano. Ainda no campo do turismo, foi proposta a assinatura de um Memorando de Entendimento entre o Ministério da Cultura e Turismo Chinês e o MTur com vistas ao aprimoramento da cooperação entre ambos os países e que servirá para a proposição de futuras ações neste segmento.

Festival da Lua

Está previsto para setembro deste ano a realização, em Foz do Iguaçu, do Festival da Lua, um dos feriados mais importantes da China que também será celebrado na cidade com a segunda maior colônia chinesa do Brasil. O governo brasileiro convidou o ministro da Cultura e Turismo chinês com a intenção de que nessa data seja assinado o irmanamento dos destinos turísticos Cataratas do Iguaçu e Muralha da China entre Brasil, Argentina e China.

Ainda, a convite do Ministro Vinícius Lummertz, a orquestra da cidade de Zhejiang se apresentará durante o festival. A Orquestra Sinfônica de Zhejiang foi fundada em 1958 em Hangzhou, a antiga capital da China. A orquestra já realizou concertos em países como Itália, Áustria, Alemanha, República Checa, Suécia, Bélgica, entre outros.

Fonte: DN
Comentrios.
Deixe um comentrio.