Reportagem sobre o avanço das áreas de lavoura em Bonito destaca trabalho de mestrado
2018-05-16 11:16:35

O egresso do Programa de Pós-Graduação em Geografia do Câmpus de Aquidauana (CPAQ/UFMS), Bruno Gonçalves Mendonça, foi destaque em reportagem sobre o avanço das áreas de lavoura no município de Bonito, na última segunda-feira (14).

A peça jornalistica, que destaca a pressão que o plantio de grãos vem exercendo sobre as principais bacias hidrográficas de Bonito, trouxe entre suas referências a dissertação de Mestrado: "Análise multitemporal do uso da terra e cobertura vegetal da Bacia Hidrográfica do Rio da Prata-MS, com uso de geotecnologias", de autoria do Mestre Bruno Gonçalves Mendonça, sob orientação do Prof. Dr. Vitor Matheus Bacani. Entre as principais contribuições, destaca-se a quantificação do expressivo avanço do desmatamento para introdução de atividades agropecuárias.

De acordo com o levantamento, na bacia do rio da Prata, as atividades agropecuárias ocupavam, em 1986, área correspondente a 57,93% da região. Em 1997, aumentou para 63,23%; depois, em 2007, para 70,29%; no ano de 2015, estava em 70,54%.

No mesmo período, a cobertura vegetal caiu praticamente pela metade: de 31,26% em 1986 para 16,63% em 2015. Em 1997, equivalia a 21,56% e, em 2007, a 17,02%. Quanto ao solo exposto, de 0% em 1986 e 1997, subiu para 0,004% em 2007 e 0,09% em 2015.

Para ter acesso à matéria completa, acesse aqui

Fonte: UFMS
Comentrios.
Deixe um comentrio.