Turista morre após acidente no Pantanal
2018-05-03 07:42:29
Christopher Peck fazia viagem pela América de motocicleta

Christopher Eugene Peck, 37 anos, morreu no Centro de Tratamento Intensivo da Santa Casa de Corumbá nesta quarta-feira (2). Ele estava em viagem de moto pelo continente americano e foi atropelado por um carro de passeio na BR-262, quilômetro 447, em 20 de abril.

Conforme divulgado pelo Diário Corumbaense, o irlandês não resistiu aos ferimentos sofridos por conta do acidente. O turista teve a perna esquerda amputada abaixo do joelho, além de ter sofrido fraturas no fêmur do lado esquerdo e no quadril.

No dia do acidente, uma equipe da Guarda Municipal foi a primeira a prestar socorro. A viatura passava pelo local, que fica a cerca de 35 quilômetros de Corumbá. Logo depois, os Bombeiros foram acionados.

Consciente, o irlândes relatou aos socorristas que fazia uma viagem por países da América do Norte, Central e seguiria para a Bolívia. Antes de fazer esse trajeto, pretendia chegar a Campo Grande para regularizar documentação pessoal. Nessa viagem até a Capital um motorista dirigindo um Gol atingiu o turista de frente.

A família da vítima tentou transferência para São Paulo, segundo o Diário Corumbaense, mas não foi possível. "O quadro era gravíssimo, desenvolveu outras complicações", explicou o diretor clínico da Santa Casa do município, Lauther Serra.

Com a morte de Christopher, a Polícia Civil deve alterar o registro do boletim de ocorrência de lesão corporal culposa na direção de veículo automotor para homicídio. O motorista do Gol, que tem 32 anos, tinha ingerido bebida alcoólica. A quantidade identificada no etilômetro foi de 0,16 mg/l de álcool por litro de ar. Esse índice não configura prisão para o indiciado. O condutor ainda recebeu multa, mas vai responder ao processo em liberdade.

Fonte: CE
Comentrios.
Deixe um comentrio.