PMA prende e multa pescador profissional com petrechos proibidos
2018-04-14 11:00:56
A Polícia Militar Ambiental de Navirai prendeu um pescador profissional por pesca predatória. Ele estava em uma embarcação onde foram encontradas 16 redes de pesca, medindo 1.000 metros.

O homem começava a pescaria e só havia capturado dois peixes, pesando dois quilos. O pescado foi apreendido, juntamente com o barco, motor de popa e as redes de pesca. Um peixe da espécie cascudo estava vivo e foi devolvido ao rio.

O pescador profissional, de 49 anos, residente em Naviraí, recebeu voz de prisão e foi conduzido, juntamente com o material apreendido, à delegacia de polícia civil daquela cidade, onde ele foi autuado em flagrante por crime ambiental de pesca predatória.

A pena para este crime é de um a três anos de prisão. O pescador foi multado administrativamente em R$ 4.800,00.

Segundo a PMA, prisão deste tipo indica a necessidade de fiscalização preventiva 24 horas nos rios, pois se esse elemento tivesse mais tempo e encontrasse um cardume, o dizimaria rapidamente com essa quantidade de redes, petrecho que tem alto poder de captura.
Fonte: Dourados Agora
Comentrios.
Deixe um comentrio.