Operação lacra desmanche de veículos em Limeira e encontra buggy de José Rico
2017-12-06 13:00:27
Uma operação lacrou, nesta terça-feira (5), um desmanche de veículo que funcionava sem autorização em Limeira (SP). Ao todo, cinco terrenos do mesmo proprietário foram vistoriados no Jardim São Lourenço. Durante a ação, foi encontrado, em uma chácara, um buggy furtado do "castelo" do cantor sertanejo José Rico, que fazia dupla com Milionário e morreu em 2015.

A operação da prefeitura ocorreu em parceria com a Polícia Civil, Polícia Militar, Guarda Civil Municipal (GCM) de Limeira e com o Departamento Estadual de Trânsito (Detran-SP). Segundo o Detran, o proprietário admitiu que atuava sem autorização para desmontar e revender peças de veículos.

O secretário de Segurança e Defesa Civil de Limeira, Francisco Alves da Silva, explicou que os terrenos ficavam no mesmo lote. As peças estavam em galpões a céu aberto e outra parte foi deixada até na calçada. Por isso, foram emitidas 16 autuações por estacionamento em local proibido. A operação encontrou, ainda, água parada e larvas, o que culminou com um auto de infração por fator ambiental de risco à saúde.

ma operação lacrou, nesta terça-feira (5), um desmanche de veículo que funcionava sem autorização em Limeira (SP). Ao todo, cinco terrenos do mesmo proprietário foram vistoriados no Jardim São Lourenço. Durante a ação, foi encontrado, em uma chácara, um buggy furtado do "castelo" do cantor sertanejo José Rico, que fazia dupla com Milionário e morreu em 2015.

A operação da prefeitura ocorreu em parceria com a Polícia Civil, Polícia Militar, Guarda Civil Municipal (GCM) de Limeira e com o Departamento Estadual de Trânsito (Detran-SP). Segundo o Detran, o proprietário admitiu que atuava sem autorização para desmontar e revender peças de veículos.

O secretário de Segurança e Defesa Civil de Limeira, Francisco Alves da Silva, explicou que os terrenos ficavam no mesmo lote. As peças estavam em galpões a céu aberto e outra parte foi deixada até na calçada. Por isso, foram emitidas 16 autuações por estacionamento em local proibido. A operação encontrou, ainda, água parada e larvas, o que culminou com um auto de infração por fator ambiental de risco à saúde.

Fonte: G1
Comentrios.
Deixe um comentrio.