MPE-MS pede que Delegacia não faça apreensões sem mandado
2017-11-10 09:25:52

A Promotoria de Justiça de Bandeirantes recomendou que o delegado de Polícia Civil do município, Antenor Batista da Silva Júnior, se abstenha de realizar apreensões de bens sem autorização judicial.

A recomendação foi emitida pelo promotor de Justiça Victor Leonardo de Miranda Taveira após abrir uma investigação para apurar possíveis irregularidades nas apreensões realizadas pela Delegacia de Polícia Civil do município.

As apreensões referidas teriam ocorrido por ordem do delegado Silva Júnior, sem mandado judicial prévio e fora de situação de flagrante delito, segundo a Promotoria de Justiça.

O promotor deu prazo de 15 dias para que sejam adotadas as providências cabíveis ao fato, e pediu que a recomendação seja conhecida por todos os funcionários da Delegacia de Bandeirantes.

Fonte: MM
Comentrios.
Deixe um comentrio.