Tucanos e pedetistas fazem convenções de olho em 2018
2017-11-10 09:14:59

O PSDB e PDT promovem amanhã (11), a partir das 8h, suas respectivas convenções estaduais. Os tucanos elegem o deputado Beto Pereira (PSDB) como presidente regional, enquanto que os pedetistas têm como principal atração, a filiação oficial do juiz aposentado, Odilon de Oliveira, que pode ser pré-candidato ao governo.

O evento tucano será realizado na Associação Nipo-Brasileira, que fica na Avenida Ministro João Aires, na saída de Três Lagoas. A convenção estadual vai contar com a participação do governador Reinaldo Azambuja (PSDB), que deve chegar no evento por volta das 10h.

O PSDB vai eleger Beto Pereira como novo presidente regional, tendo como principal foco, a reeleição do governador no ano que vem. O deputado fez questão de agradecer os outros postulantes ao cargo, como Rinaldo Modesto, Enelvo Feline e Mara Caseiro, que desistiram da disputa, para que fosse feita uma chapa de consenso.

"Eles colocaram os interesses do partido, acima do particular, e resolveram abrir mão das candidaturas, em busca de um consenso. Mostra que o partido está unido e terã como foco bons resultados na eleição do ano que vem, tendo como prioridade a reeleição do governador", disse Beto.

 

Odilon de Oliveira vai se filiar amanhã no PDT (Foto: Marcos Ermínio)
Odilon de Oliveira vai se filiar amanhã no PDT (Foto: Marcos Ermínio)

Evento PDT - Já o PDT vai promover sua convenção regional, tendo a continuação do mandato do deputado Dagoberto Nogueira (PDT), como presidente estadual, porém a principal atração do encontro, que vai ocorrer no Ondara Palace, que fica no Parque dos Poderes, será a filiação do juiz aposentado, Odilon de Oliveira.

Dagoberto já revelou que a intenção é lançar Odilon como pré-candidato ao governo estadual, neste evento. Ao Campo Grande News, o juiz ponderou que ainda iria decidir se disputaria a sucessão estadual, podendo ser uma opção ao Senado.

“A compreensão do PDT é que eu seja candidato ao governo do Estado". Ele ponderou que além de pesquisas para avaliar o cenário político, também conversaria com a família, sobre a possibilidade.

O evento terá ainda a presença do presidente nacional do PDT, Carlos Luppi, além do ex-ministro e pré-candidato à Presidência, Ciro Gomes. A partir das 8h ocorre a convenção do partido e depois por volta das 10h, inicia o ato de filiação de Odilon. O partido espera 1, 4 mil filiados, entre dirigentes, militantes, vereadores, prefeitos, além de políticos de outros partidos.

Fonte: CGN
Comentrios.
Deixe um comentrio.