PMA conclui operação Pré-piracema e Finados com 133 autuados e mais de R$ 800 mil em multas
2017-11-06 09:31:33

A Polícia Militar Ambiental concluiu neste domingo (5) às 7h00 a operação Pré-piracema e a operação Dia de Finados, que envolveu 342 policiais e englobou ainda as operações “Padroeira do Brasil” e Pesque Legal.

Além da prevenção à pesca predatória, foi dada atenção especial ao tráfico de animais silvestres, e crimes como desmatamentos, carvoarias irregulares, transporte ilegal de produtos perigosos, além de combate a todos os crimes contra a fauna e flora.

No total foram autuadas 133 pessoas por crimes e infrações ambientais. Dessas, 78 foi por pesca ilegal. Dos 78 autuados, 38 foram presos por pesca predatória e 40 por falta de licença. A pesca sem licença não é crime ambiental, somente infração administrativa. Foram aplicados R$ 85.650,00 em multas por pesca ilegal.

Também foram apreendidas 36 redes de pesca, 12 tarrafas, 687 anzóis de galho, além de 23 motores de popa e 24 barcos.

As multas totais referentes a todos os tipos de infrações ambientais somaram R$ 884.650,00.

Com o início do período de defeso para a proteção da Piracema, a PMA passa a monitorar os cardumes, principalmente nos pontos em que são mais vulneráveis à pesca predatória, que são as cachoeiras e corredeiras. De acordo com o tenente coronel Edmilson Queiroz em vários pontos serão montados postos fixos com policiais 24 horas.

O esquema especial de fiscalização será mantido, como nos anos anteriores, até o dia 28 de fevereiro de 2018, contando com um efetivo de 345 policiais nas 25 Subunidades em 18 municípios.

Fonte: Acritica
Comentrios.
Deixe um comentrio.