Bernal e ex-vereador têm audiência sobre caso do ‘silêncio dos edredons’
2017-09-13 11:39:10
O ex-prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal (PP) fica frente a frente com o ex-vereador Roberto Durães (PSC) na tarde desta quarta-feira (13) em audiência sobre queixa-crime ajuizada pelo progressista. Isso porque, durante sessão ordinária em maio de 2016, o ex-legislador disse conhecer a mãe do progressista “no silêncio dos edredons”.

O episódio teve bastante repercussão, sendo cogitada a expulsão do então vereador do PSC e também cassação do mandato, mas nada progrediu. Em outubro do mesmo ano, Bernal ajuizou a ação e até o momento não houve decisão. Audiência estava marcada para maio deste ano, mas Durães apresentou atestado médico de cinco dias e conseguiu deferimento para adiar a reunião.

As falas polêmicas de Durães, que era suplente da vereadora Thais Helena (PT) e foi diplomado quando a petista foi cassada por compra de votos no pleito de 2012, lhe trouxeram outra ação penal. Também durante sessão na Câmara Municipal em março do ano passado, ele disse que “voaria na garganta” do então secretário de Saúde, Ivandro Fonseca.

Ao se pronunciar na Casa de Leis, ele disse que o titular da Sesau estaria perseguindo funcionários públicos e então ameaçou, “este cara é um maníaco. A partir de agora, vou deixar a esfera política e partir para a agressão”, disse à época. O comentário gerou ação penal ingressada por Ivandro.

Durães tentou habeas corpus para paralisar a ação, a questão foi para segunda instância, porém no último dia 6 o desembargador Geraldo de Almeida Santiago rejeitou o pedido.
Fonte: MM
Comentrios.
Deixe um comentrio.