Pescadores e caçadores presos no feriado
2017-09-11 09:00:14
Operação independência da PMA tem saldo de muitas apreensões
Durante a operação Independência foram autuadas 27 pessoas por infrações ambientais. Das 27 ocorrências, 18 foram por pesca, sendo 10 por crime de pesca predatória e 8 (oito) por infração de falta de licença, o que não é crime. Destaca-se que, apesar de 18 autuados por pesca, apenas 39 kg de pescado foram apreendidos, demonstrando a eficiência preventiva da fiscalização. 

Seis caçadores foram presos. Sendo apreendidos quatro animais silvestres e 7,5 kg de carne, além de seis armas de fogo ilegais utilizadas nas caçadas. Aplicou-se um valor total de R$ 70.225,00 em multas, com destaque para a multa de R$ 33.000,00 para caçadores que abateram animais silvestres na lista de espécie em extinção. 

Com relação aos petrechos de pesca apreendidos, as apreensões foram dentro do que se costuma apreender em operações em feriados prolongados. Equipes realizaram trabalhos preventivos em propriedades rurais na região principal do problema, que é a situada nos municípios de Jateí, Batayporã, Bataguassu, Ivinhema, Novo Horizonte do Sul, Anaurilândia, Santa Rita do Pardo, Nova Andradina e Brasilândia, além de Naviraí e Mundo Novo. 

Com relação à prevenção à pesca predatória, atenção especial foi dada a região na divisa com o estado de Mato Grosso, nos rios Correntes, Piquiri, São Lourenço e Paraguai, que devido a grande distância, pescadores costumam praticar pesca predatória. Equipes de Coxim autuaram cinco por pesca predatória nessa região durante a operação.

Fonte: DD
Comentrios.
Deixe um comentrio.