Operação em MS prende suspeitos de planejar resgate de preso e contrabandear armas para o RJ
2017-06-13 13:44:56
A polícia prendeu na manhã desta terça-feira (13), em Campo Grande, quatro suspeitos de planejar resgate de um preso de 31 anos e de contrabandear armas para o Rio de Janeiro. Segundo a Polícia Federal (PF), responsável pela operação Cerberus, com eles foram apreendidas pistolas, armas longas de grosso calibre e coletes balísticos.

De acordo com o delegado de PF, Vinícius Faria Zangirolani, foi presa a namorada do presidiário que seria resgatado e mais três rapazes, de 21, 22 e 23 anos, que também participariam da ação. Na casa da jovem de 25 anos foi apreendida uma pistola calibre 9 milímetros municiada e ainda R$ 8 mil. "A arma de calibre restrito e o dinheiro seriam usados no resgate", afirma o responsável pelas investigações.

Em outro imóvel alugado pelo grupo, os policiais apreenderam mais cinco pistolas, duas armas longas de grosso calibre e os coletes, e prenderam três homens. Conforme a PF, tudo está relacionado ao resgate do presidiário marcado para 19 de junho. "É a data que ele tinha consulta médica", fala o delegado. "Eles estavam dispostos até a matar os agentes penitenciários caso houvesse resistência", acrescenta Zangirolani.

Além das armas, dinheiro e colete, foram apreendidos ainda um carro e uma motocicleta de alta cilindrada. Os policiais também estiveram em um terceiro imóvel alugado pelo grupo e na cela do detento apontado como líder da quadriha, no Estabelecimento Penal de Segurança Máxima. Na cela foram encontrados três celulares.

Esta seria a seria a segunda tentativa de resgate do presidiário. A primeira foi em março deste ano quando o detento ainda cumpria pena no Presídio de Segurança Média de Três Lagoas.
Fonte: G1
Comentrios.
Deixe um comentrio.