O filme "Planuras" encerra as comemorações do Dia Mundial do Meio Ambiente em Bonito
2017-06-09 16:45:25
Filmensaio do cineasta Maurício Copetti retrata a paisagem 'delirante' do Pantanal
Será exibido nesta sexta-feira (09), às 19:00 h, na Praça da Liberdade, o filme "Planuras" do diretor Maurício Copetti, é o filme que traz na tela, um Pantanal profundo e sem clichês.

Copetti diz que o filme foge de todos os estereótipos já intitulados quando o assunto é ligado ao Pantanal, propriamente dito. A começar pelo nome que, segundo o cineasta, faz jus a referência que o homem pantaneiro trata o pântano, como ‘plano’. 

“É uma perspectiva mais atemporal, não tem uma cronologia de definir o que é o ‘Pantanal’, eu deixo o pantanal em aberto e empresto o meu olhar para que o público tenha o dele, sem impor uma definição, sem rótulos”, adianta.

Sobre o homem, Copetti dialoga dizendo que o homem faz parte da paisagem e, através de palavras soltas, ele cria a poesia, que está retratada no filme. 

“Não há aquele esgotamento verborrágico de tuiuiú, onça pintada e etc, me inspiro em signos da natureza para transcrever a narrativa desse ambiente vasto, misterioso e encantador que se redesenha constantemente e obriga seus habitantes a se adaptarem, gerando uma cultura singular, tanto nos homens quanto na fauna e flora. O ciclo das águas é o que rege essa singularidade”, conta.

Cineasta
Copetti nasceu em Ijuí, no interior do Rio Grande do Sul e veio para o Mato Grosso do Sul em 1992. O cineasta é conhecido, tanto nacionalmente como internacionalmente, por retratar o universo pantaneiro. 

Entre suas produções, o primeiro foi o documentário Delta de Salobra que faturou quatro prêmios em festivais de cinema nacionais. A seguir, produziu o curta de ficção "Nanquim". Além disso, fotografou filmes de outros diretores e produziu, em associação com a BBC- Bristol, o telefilme "Raising Sancho".

Fonte: MM
Comentrios.
Deixe um comentrio.