Grupo Acaba canta e se surpreende com homenagem no Mercadão
2017-05-25 07:42:34
O Mercadão Municipal  de Campo Grande no último domingo (21) teve uma manhã mais que especial. O maior representante da música pantaneiro do Mato Grosso do Sul estava lá, mostrando a sua arte de “cantar e encantar” as cores, sons, bichos, aves do Pantanal: Grupo Acaba. Uma surpresa para os próprios músicos e principalmente para os frequentadores “domingueiros” do local. É que a produtora Render Brasil está fazendo o documentário “50 anos do Grupo Acaba” e as cenas serão incluídas neste trabalho.

Os músicos do Acaba que acreditavam que iriam fazer apenas uma simples apresentação no  Mercadão Municipal onde muitos turistas frequentam, tiveram uma grande surpresa feita pelo diretores Flávio Fecha e Tania Sozza. O Acaba foi recebido pelo Coral do Tribunal de Justiça do Mato Grosso do Sul sob a regência do maestro Nillo Cunha, vários artistas e amigos que acompanham os trabalhos deles há muitos anos. Foi uma grande emoção para todos que puderam participar do momento que foi lindo.

Há tempos que esses maravilhosos músicos merecem uma homenagem por todo o trabalho e divulgação da música pantaneira. Os irmãos Moacir e Chico Lacerda, Adriano Praça, Vandir Barreto, Jairo Lara, Alaor Pereira, Antonio Porfírio, e mesmo José Charbel (in memoriam) e Eduardo Lincoln (Lincão) são os grandes representantes desse som que atravessa fronteiras. O Acaba é a esperança sempre de que vale a pena mostrar o belo com competência. São 50 anos de amizade e luta. No entanto somente em 1979 eles adotaram uma postura ativista em defesa da preservação do Pantanal e do homem pantaneiro. A partir daí passou a denunciar, durantes seus concertos, as atrocidades praticadas aos índios e comunidades de minorias, principalmente indígenas. Até hoje, mesmo com apresentações esporádicas, é participante ativo dos movimentos musicais de Mato Grosso do Sul.

Quem teve a oportunidade de ver e assistir o Grupo Acaba no domingo no Mercado Municipal de Campo Grande, sem dúvida terá em mente por muitos anos essa emoção. Vale ressaltar essa busca constante de Flavio Flecha e Tania Sozza em deixar registrado esse maravilhoso trabalho e história musical do Grupo Acaba através da produtora Render Brasil. Valorizar a nossa cultura é primordial para que não deixe morrer ou cair no esquecimento nossos grandes artistas. Que venham mais documentários de outros grandes nomes de nossa Cultura !
Fonte: PE
Comentrios.
Deixe um comentrio.