Conteúdo em vídeo é a tendência para negócios turísticos
2019-11-21 09:29:44
Nesta quarta-feira (20), o Seminário de Turismo Isto é Mato Grosso do Sul promoveu painel sobre o uso de tecnologias na promoção turística do destino. Estiveram presentes o CEO da Double Play Media, Camilo Coutinho; o publicitário focado em marketing digital, Thiago Akira; e a gerente de Mercado da Fundtur-MS, Karla Cavalcanti.

Focada em estratégia de conteúdo audiovisual, a palestra abordou como a produção de conteúdo é eficiente nas vendas de negócios turísticos. De acordo com uma pesquisa feita pelo hubspot em 2018, 54% dos consumidores quer assistir mais conteúdo em vídeo sobre a marca ou o produto que desejam comprar. Até 2020, o consumo global de vídeos corresponderá a 80% de todo o tráfego da internet. “O vídeo é uma ferramenta essencial para o Turismo. É difícil imaginar um lugar apenas em palavras”, diz Akira.

No entanto, não basta apenas produzir vídeos, é necessário planejamento. “O maior erro que as pessoas cometem é achar que para fazer vídeo basta tirar o celular do bolso. Mais do que isso, produzir vídeo exige um planejamento detalhado, leva tempo e é um aprendizado constante”, afirma o CEO da Double Play Media.

Essa organização requer um roteiro para a produção do conteúdo. Primeiro, é preciso definir o tema e a personalidade do vídeo. Em seguida, o vídeo precisa gerar conexão com o público nos primeiros dez segundos por meio da exposição do tema, além de contar com conteúdo relevante. Após a produção, os próximos passos são conectar a audiência e a solução e o “call to action”, ou seja, chamar o espectador para assistir outros conteúdos.

Segundo Akira, é comum acontecer a “descoberta” na vertical e a “intenção” na horizontal, ou seja, as pessoas costumam assistir vídeos curtos na vertical, quando estão na fase da descoberta do destino, e vídeos mais detalhados na horizontal, quando já conhecem o local. “Isso muda de acordo com o horário e o momento disponível de consumo. Por isso é importante conhecer a jornada do público para definir a estratégia de conteúdo”.

“Tenha sempre uma meta com o vídeo, grave todos os dias, entenda o dia a dia do seu ciente e resolva um problema. É muito importante que o seu conteúdo entregue uma solução para as pessoas. O negócio de vocês não são as visualizações, mas o que acontece por conta das visualizações”, destaca Coutinho.
Fonte: ME
Comentrios.
Deixe um comentrio.