Caminhoneiro é preso por manter namorada em cárcere por 11 dias
2019-11-14 12:31:36

Um caminhoneiro de 43 anos foi preso por manter a namorada, uma dona de casa de 26 anos, em cárcere por 11 dias, durante período em que viajou de Luiziana (PR) até Chapadão do Sul, município em que ela conseguiu pedir socorro.

O flagrante aconteceu ontem à tarde, quando o casal parou em um posto de combustíveis na MS-306, na saída para Cassilândia. O delegado da Polícia Civil de Chapadão, Felipe Potter, disse que a PM (Polícia Militar) foi chamada pelos frentistas, que presenciaram quando a mulher saiu correndo e se trancou no banheiro.

Mulher foi encontrada com hematomas por todo o corpo (Foto/Divulgação: Polícia Civil)
Mulher foi encontrada com hematomas por todo o corpo (Foto/Divulgação: Polícia Civil)

Quando os policiais chegaram, ele tentava entrar no banheiro, enquanto ela gritava. A jovem foi encontrada com dois hematomas nos olhos e várias escoriações pelo corpo, indicando as agressões sofridas nos últimos dias.

Em depoimento, ela disse que mora em Nova Cantu (PR) e estava em relacionamento com o caminhoneiro há 4 meses. Quando ele saiu da cidade para serviço de frete, ela foi colocada à força dentro do caminhão.

Para evitar que ela fugisse, segundo Potter, o homem pegou o celular dela e a ameaçava matar os filhos dela.

O homem, residente em Luiziana, negou as acusações. Ele foi indiciado por lesão corporal e cárcere privado.

A mulher recebeu auxílio da rede de proteção às vítimas de violência, sendo encaminhada para hotel e receberá passagem para voltar para casa.

Fonte: CGN
Comentrios.
Deixe um comentrio.