Obras de estações de embarque começam só em 2020, diz Prefeitura
2019-11-14 12:25:40
A Prefeitura de Campo Grande divulgou, nesta quinta-feira (14), o resultado da licitação para obras de estações de embarque. Com valor 18% inferior à referência, a empreiteira LT Construções fica responsável pela execução, que começa, segundo a Prefeitura, só no primeiro trimestre de 2020.

A administração afirma que as obras começam nas Ruas Guia Lopes e Brilhante, mas o projeto contempla, também, a Rua Bahia e a Avenida Bandeirantes. Toda a obra teve proposta de R$ 831.377.01. da empresa vencedora.

Serão três estações de 10 metros de comprimento e 13 de 5 metros, com 2,5 metros de cobertura. As estações maiores terão 15 assentos e as menores, seis bancos, além de uma estrutura de concreto onde os usuários também poderão se acomodar.

O projeto do executivo prevê sete estações na Avenida Bandeirantes, entre as Ruas Nova Bandeirantes e Campinas ; entre a Manoel Cavalcante Proença e a Hermenegildo Pereira; entre as Ruas Sebastião Maluf e a Tenente Antonio João; entre as Ruas Caiapós e Argemiro Fialho; entre a Avenida Salgado Filho e a Rua Brilhante e entre as ruas 26 de Agosto e Paissandu.

Na Rua Bahia serão quatro estações, uma delas de 10 metros. Brilhante e Bandeirantes também receberão uma estação de 10 metros. A Rua Bahia é o primeiro braço do corredor norte onde está programado corredor exclusivo de ônibus entre as avenidas Afonso Pena e Coronel Antonino.

A Prefeitura afirma que, junto com as estações, será feita a sinalização vertical e horizontal, além de semáforos, que terá um tempo específico para o corredor do transporte. O objetivo é facilitar o tráfego de ônibus. As obras nessa parte da cidade ainda contemplam recapeamentos, com parcelas que foram executadas por militares do Exército.

A expectativa é que, terminadas, as intervenções no corredor oeste reduzam o tempo de trajeto de ônibus entre os terminais Aero Rancho e Coronel Antonino, passando pela Bandeirantes, em 20%. Isso porque os veículos conseguirão transitar a, pelo menos, 21 km por hora. Hoje, a velocidade máxima que atingem nestas ruas e avenidas é 17 km/h.
Fonte: CGN
Comentrios.
Deixe um comentrio.