PRF e PMR realizam Operação Proclamação da República nas rodovias federais e estaduais
2019-11-14 08:44:52

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) e Polícia Militar Rodoviária (PMR) estarão nas rodovias federais e estaduais de Mato Grosso do Sul, com a Operação Proclamação da República.

A PRF inicia às 0h desta quinta-feira (14) até às 23h59 de domingo (17). Já a PMR deve iniciar os trabalhos às 6h de quinta até às 6h da próxima segunda-feira (18).

Nas Rodovias Federais

Durante os quatro dias de Operação, a PRF tem como objetivo incrementar as ações de policiamento e fiscalização com foco na prevenção e redução dos acidentes de trânsito, bem como, aumentar a percepção de segurança nas rodovias federais em Mato Grosso do Sul .

Para reduzir o número de acidentes, a Polícia Rodoviária Federal irá priorizar ações preventivas para reduzir os abusos cometidos na rodovia, especialmente, quando se fala em álcool e direção, nas ultrapassagens proibidas e o não uso do cinto de segurança, além do uso de cinto e dispositivos de segurança para crianças (cadeirinhas).

O policiamento nas rodovias federais do estado terá reforço de policiais do setor administrativo, que irão intensificar a fiscalização em locais e horários de maior fluxo e incidência de acidentes graves e de criminalidade, de acordo com estatísticas do órgão, a fim de garantir aos usuários segurança, conforto e fluidez do trânsito.

Nas Rodovias Estaduais

A PMR pretende ampliar a presença policial militar em pontos e horários de maior incidência de acidentes e crimes a longo dos mais de 15 mil Km de rodovias estaduais.

Segundo a PMR, durante o feriado prolongado deste ano, a previsão é de que o fluxo de veículos aumente cerca 40% em relação à média diária, considerando-se os horários de pico, com destaque para o início da manhã de sexta-feira (15) e tarde de domingo (17).

A rodovia MS-164 que liga Maracaju a Ponta Porã, a MS-276 que liga Dourados a Nova Andradina e a MS-306 que liga Cassilândia a Costa Rica receberão atenção especial neste feriado, por conta da expectativa de grande aumento de fluxo nestas rodovias.

Ainda de acordo com a PMR, o planejamento se concentra na intensificação de presença policial militar com foco no policiamento preventivo que se realizará por meio das doze Bases Operacionais Rodoviárias fixas distribuídas pelos municípios de Amambai, Campo Grande, Corumbá, Bonito, Dourados, Ivinhema, Maracaju, Nova Andradina, Paranaíba, Ponta Porã e Três Lagoas, outras quinze equipes volantes percorrerão pontos e horários sensíveis e vulneráveis de nossas rodovias estaduais, previamente definidas com base no geoprocessamento de dados previamente analisados.

O Centro de Comando e Controle instalado na sede da PMR em Campo Grande irá monitorar 24h, durante toda a operação, os resultados e desenvolvimento das ações operacionais no terreno.

A Polícia Militar Rodoviária, além de atuar na fiscalização do trânsito rodoviário também atuará no enfrentamento ao tráfico de drogas, contrabando e descaminho e outros crimes que perturbam nossas estradas e rodovias estaduais. O controle de velocidade e a fiscalização de ultrapassagens proibidas é um dos grandes focos na prevenção a acidentes de trânsito.

Orientações

Para uma viagem segura, os usuários das rodovias federais e estaduais devem respeitar os limites de velocidade, mantendodistância de segurança em relação aos demais veículos, ultrapassar apenas quando houver plenas condições de segurança e não desviar a atenção do trânsito.

É fundamental planejar a viagem, buscando evitar, na medida do possível, os horários de pico.

Dirigir cansado ou com sono aumenta o risco de o motorista cometer erros. A cada três ou quatro horas de viagem, é recomendável uma pausa para descanso ou revezar a direção do veículo.

O uso do cinto de segurança e da cadeirinha para crianças é imprescindível – esses equipamentos podem fazer a diferença em caso de acidente.

Fonte: Enfoquems
Comentrios.
Deixe um comentrio.